15 de set de 2017

Circuito Liberdade abre inscrições para a maratona criativa Museomix

Estão abertas, até o dia 30 de setembro, as inscrições para Museomix MG – Circuito Liberdade. Os interessados em participar dessa maratona criativa internacional poderão se inscrever pelo site http://www.museomix.org/pt-br/. As vagas são limitadas e organizadas a partir de habilidades. A participação é gratuita.
O Museomix acontece simultaneamente em outros oito países, em 13 lugares do mundo, e é feito por uma comunidade diversificada de designers, artesãos, programadores, mediadores, comunicadores e artistas, amadores ou profissionais, que partilham o desejo de construir um museu aberto, conectado e participativo: o museu do futuro. Unindo ideias engenhosas e ferramentas tecnológicas, como impressoras 3d e máquinas de corte a laser, os participantes - chamados de “museomixers” - imaginam e constroem dispositivos inovadores de mediação entre acervos e visitantes.
Pela primeira vez no Brasil e na América Latina, o Museomix acontecerá em Belo Horizonte, nos dias 10, 11 e 12 de novembro. O projeto teve origem na França, em 2011, e desde então já aconteceu em oito países e 43 museus. Na capital mineira, o Museomix será realizado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG), por meio do Circuito Liberdade, e pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência,Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes). O projeto conta também com a parceria da Embaixada da França no Brasil, do BDMG Cultural, do Centro Universitário Newton Paiva e das faculdades UNA e  UniBH, além de empresas e entidades.
Museomix no Rainha da Sucata
O coração do Museomix MG - Circuito Liberdade será o Rainha da Sucata, um edifício em estilo pós-moderno, construído sob a perspectiva questionadora aos dogmas da época de sua construção. Sua alma vanguardista inspira e encoraja o surgimento de novas ideias, ao mesmo tempo em que carrega consigo a referência histórica, arquitetônica e simbólica dos edifícios do Circuito Liberdade e da cidade de Belo Horizonte.
Além da maratona criativa de três dias, o Museomix 2017 Circuito Liberdade irá trazer ao público uma extensa programação associada, a partir de setembro, com atividades gratuitas voltadas para a temática cultura, tecnologia e inovação. Serão oficinas, palestras, mostras e diversas atrações para todas as idades, realizadas nos espaços culturais do Circuito Liberdade. A programação será divulgada em breve no sitewww.circuitoculturalliberdade.com.br.
Informações para a imprensa: 3235-2817

Lei Estadual de Incentivo à Cultura/MG finaliza dia 30 de setembro

Serão destinados cerca de R$ 92 milhões, o maior montante já repassado ao segmento desde a criação da lei.
Acesse o Edital 2017 da Lei Estadual de Incentivo à Cultura aqui.
Se você é Pessoa Física e quer realizar a pré-inscrição on line no edital da Lei de Incentivo 2017, clique aqui. Caso seja Pessoa Jurídica, acesse o documento aqui.
Para ter acesso ao edital e aos documentos da Lei de Incentivo à Cultura 2017 acesse os links: Pessoa Física e Pessoa Jurídica.
Dúvidas a sobre a Lei Estadual de Incentivo à Cultura, entre em contato pelos telefones (31) 3915-2682 / 2717 / 2718 / 2691 ou pelo e-mail leiestadual@cultura.mg.gov.br

Fundação Banco do Brasil e BNDES

Está aberto o edital ECOFORTE, que apoiará projetos territoriais de redes de agroecologia, extrativismo e produção orgânica, voltados à intensificação das práticas de manejo sustentável de produtos da sociobiodiversidade e de sistemas produtivos orgânicos e de base agroecológica.

O Edital, promovido pela Fundação Banco do Brasil (FBB) e Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), é composto por duas chamadas, que atenderão tanto novas redes quanto as redes já apoiadas no edital anterior do ECOFORTE 2014/005.

Na primeira chamada (edital nº 2017/030), os projetos devem ter foco na estruturação de unidades de referência. O valor destinado a essa ação é de R$ 18,5 milhões, divididos em duas categorias:

Categoria I – Com investimento total previsto de R$ 2,5 milhões destina-se às redes que formalizaram convênio com a FBB no âmbito do Edital ECOFORTE 2014/005. O valor das propostas nesta categoria pode variar entre R$ 300 e R$ 500 mil.

Categoria II – Com investimento total previsto de R$ 16 milhões destina-se às redes de agroecologia, extrativismo e produção orgânica que não se enquadrarem na CATEGORIA I. O valor das propostas inscritas nesta categoria pode variar entre R$ 800 mil e R$ 1 milhão.

Na segunda chamada (regulamento nº 2017/031) serão apoiados projetos para implantação e/ou melhoria de empreendimentos econômicos coletivos relacionados à produção de base agroecológica, extrativista e orgânica das redes conveniadas no âmbito do Edital 2014/005 – Redes ECOFORTE. O valor destinado a essa ação é de R$ 6,5 milhões e o valor das propostas pode variar entre R$ 300 e R$ 500 mil.

Os envelopes devem ser entregues pessoalmente no endereço indicado no edital, ou enviados por Correios com data de postagem até a data limite do edital.

Edital: ECOFORTE Redes

O DGM está com chamada aberta até 30/10/2017

O DGM está com chamada aberta para selecionar projetos socioambientais em comunidades tradicionais, indígenas e quilombolas do Cerrado brasileiro. As propostas devem se encaixar em um dos quatro eixos estratégicos: práticas agroecológicas, consolidação de mercados e resgate cultural, recuperação de recursos naturais e gestão territorial e ambiental.

Organizações de base das comunidades e ONGs podem candidatar seus projetos na chamada e concorrer a apoios de até R$ 120.000,00 (cento e vinte mil reais). Para se inscrever é preciso preencher um manifesto de interesse e enviar pelo site do CAA ou por correios, até o dia 30/10/2017.



A BASF está com edital aberto

A BASF está com edital aberto para apoiar projetos socioambientais nas áreas de empregabilidade, educação científica e ambiental e proteção da biodiversidade e recursos naturais. Serão apoiados projetos nos municípios de Guaratinguetá e São Bernardo do Campo, em SP.

São elegíveis pessoas jurídicas com ou sem fins lucrativos além de empreendedores individuais (MEI). Cada projeto poderá ter valor máximo de R$ 80.000,00 (oitenta mil reais).

Para submeter um projeto na chamada é preciso se cadastrar no site Prosas e fazer a inscrição pela plataforma até o dia 28/09/2017.


Fundo Socioambiental Casa

O Fundo Socioambiental CASA lançou a segunda convocatória para o Programa Ecossistemas e Pessoas, que busca apoiar projetos nas temáticas água e povos indígenas, com possibilidade de apoiar outros eixos relacionados ao fortalecimento de comunidades de base que buscam garantia de um meio ambiente saudável.

Serão apoiados projetos em todo o Brasil, com valores máximos de 15 mil reais cada. Podem concorrer organizações de base comunitária, pequenas e médias organizações formalizadas, redes e grupos/coletivos.

As inscrições devem ser feitas até o dia 29/09/2017, por meio de um aplicativo para windows, que pode ser baixado na página da Chamada.


14 de set de 2017

Iberescena abre editais de co-produção, festivais e residências

O Iberescena – Fundo de Ajuda para as Artes Cênicas Ibero-americanas, em sua 11ª edição, vai selecionar projetos de dança, circo e teatro. O processo de inscrições, que vai até o dia 29/09, é feito por meio do site do Fundo, que pode ser acessado em www.iberescena.org.
O fundo foi criado em 2006, tendo como base as decisões adotadas pela Cúpula Ibero-americana de Chefes de Estado e Governo, celebrada em Montevidéu (Uruguai), relativas à execução de um programa de fomento, intercâmbio e integração das atividades de artes cênicas ibero-americanas. O Iberrescena é atualmente integrado por 14 (catorze) países que financiam o Programa: Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Chile, Equador, El Salvador, Espanha, México, Panamá, Paraguai, Peru,Uruguai e pela Secretaria Geral Ibero-americana (SEGIB).

Esta convocatória é dirigida às entidades ou instituições públicas ou privadas, grupos e companhias profissionais de artes cênicas a fim de gerar uma coprodução comum mínimo de sessões e que contribua para fortalecer os planos de cooperação e integração mencionados no Programa. Podem se inscrever, pessoa física ou pessoa jurídica. Será considerado o país onde tenha a residência legal, no caso de pessoas físicas, e o domicilio fiscal no caso de pessoas jurídicas.
Será oferecido apoio financeiro em três categorias distintas:
1) co-produção de espetáculos ibero-americanos
2) festivais e espaços cênicos para programação de festivais
3) processos de criação dramatúrgica e coreográfica em residência
As premiações vão de 15 até 30 mil euros.
Leia os Editais completos  AQUI.

Rumos Itaú Cultural faz 20 anos e lança edital

O Rumos Itaú Cultural chega aos 20 anos e lança mais um edital. As inscrições são gratuitas e  acontecem exclusivamente pelo site rumositaucultural.org.br, até dia 03/11. O resultado será comunicado aos contemplados por telefone e/ou e-mail no dia 28/05/2018.
Diversidade. Hibridismos. Geografias. Territórios. Polifonia. Redimensionamento de fronteiras, diálogo entre margens, periferias e centros e o Brasil interior. Esses são alguns dos conceitos que norteiam as ações do Itaú Cultural e estão na gênese do programa Rumos.Um dos pioneiros dos editais públicos no país, ultrapassou os 52 mil projetos inscritos vindos de todos os estados brasileiros e do exterior. Contemplou mais de 1,3 mil propostas, que receberam o apoio do instituto para o desenvolvimento dos projetos selecionados nas mais diversas áreas de expressão ou de pesquisa.
Os trabalhos de todas as edições foram vistos por mais de 6 milhões de pessoas.

Este edital é singular na cena cultural nacional por contemplar uma gama ampla de critérios tanto artísticos como burocráticos. Pessoas físicas, jurídicas, coletivos, ongs e estrangeiros podem participar. Projetos ou trabalhos sobre arte e cultura brasileiras em qualquer expressão artística e/ou intelectual, voltados para criação e desenvolvimento, pesquisa ou documentação em qualquer tipo de suporte, formato, linguagem artística ou mídia fazem parte do escopo do edital.
Outro ponto interessante deste edital é que ele não exige contrapartida e isso não será portanto critério de seleção. Não há também valor mínimo ou máximo para os projetos,  o que dá margem para participação seja de pequenos coletivos sem constituição jurídica, até grandes produtoras com propostas mais robustas em termos orçamentários. O importante para os critérios de seleção são a singularidade, a relevância e a consistência do projeto.
Também não há número mínimo ou máximo defininido previamente de projetos a serem escolhidos.
Para divulgar o programa e angariar inscrições em todo o país, o Rumos faz a cada edição uma caminhada pelas 27 capitais, e a próxima será entre 04/09 e 26/10. Nesta edição, a caminhada terá um adendo, nos dez estados onde o programa registra menor participação, haverá um processo mais apurado de escuta e troca. Outra novidade deste ano é a ampliação das ferramentas de acessibilidade no edital, facilitando o acesso e participação de surdos e pessoas cegas ou de baixa visão. Na seção “como funciona”, por exemplo, todas as perguntas vêm acompanhadas por um ícone de libras, a Língua Brasileira de Sinais.
Este programa, vem se transformando e se adaptando durante os anos . Tem amadurecido e estado atento às mudanças  e transformações artísticas e culturais do país e por isso é um respiro para artistas e públicos de cultura.

Edital de Produção Audiovisual FCC/FSA 2017 segue aberto até 25/09 | Em Curitiba

A Fundação Cultural de Curitiba (FCC), responsável pelas políticas públicas de cultura da cidade, lançou o Edital de Produção Audiovisual FCC/FSA 2017. As inscrições estão abertas até o dia 25 de setembro de 2017 e devem ser feitas exclusivamente pelo site da SISPROFICE – Municípios.
O investimento previsto é de R$ 2,7 milhões em financiamento de projetos de produção de curtas-metragens e telefilmes, distribuição de filmes e realização de festivais. Os projetos selecionados serão encaminhados para suplementação de recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).
Veja abaixo a quantidade de contemplados e o valor do investimento por tipologia de projeto:
– sete projetos de produção de Curtas-Metragens de Ficção (até R$ 60 mil cada);
– dois projetos de produção de Curtas -Metragens de Animação (até R$ 90 mil cada);
– quatro projetos de Telefilme de Ficção e Telefilme de Animação (até R$ 375 mil cada)
– um projeto de Telefilme Documentário (até R$ 300 mil);
– um projeto de Distribuição de Filmes (até R$ 100 mil);
– dois projetos de Realização de Festivais (até R$ 50 mil cada)

A iniciativa é uma parceria com o Programa Brasil de Todas as Telas, um dos maiores programas governamentais instituídos ao setor, cujos ações de trabalho estão direcionadas nos seguintes eixos: Desenvolvimento de projetos, roteiros, marcas e formatos; Capacitação e formação profissional; Produção e difusão de conteúdos brasileiros; Abertura e modernização de salas de cinema.
Para ler o edital na íntegra, clique aqui.

Prêmio Alimentação em Foco está com inscrições abertas

por Diego Thimm





Estão abertas as inscrições para o ‘Prêmio Alimentação em Foco 2018’, promovido pela Fundação Cargill, em parceria com a Enactus Brasil.
A iniciativa tem foco em projetos de agricultura familiar, combate ao desperdício de alimentos, educação alimentar e empreendedorismo na cadeia de valor da alimentação.
No dia 09 de outubro, serão divulgados os 15 grupos que receberão apoio e monitoria no desenvolvimento dos projetos. Em julho de 2018, durante o Campeonato Nacional Enactus Brasil, serão eleitos dois vencedores do prêmio, apoiados nos critérios social, financeiro e ambiental. O primeiro e segundo lugar receberão R$ 7 mil e R$ 5 mil, respectivamente.
As inscrições vão até 29 de setembro pelo site brazil.enactusglobal.org